quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Se eu fosse uma forma

Até onde me lembro, essa foi a minha primeira poesia.
Foi feita na 4ª série e está disponível em um livrinho do Marista.


Se eu fosse uma forma

Eram duas formas separadas
Uma redonda e outra quadrada
Um dia elas se apaixonaram,
mas o seu namoro
seus pais não aceitaram

Tentaram suas famílias juntar,
mas o que elas só faziam era brigar
Então resolveram fugir
Casaram escondido
e foram morar no Havaí

Eu, heim! Que história maluca!
Quem escreveu não batia bem da cuca
Mas, se eu fosse uma forma, eu seria um triângulo
E se de repente eu me apaixonasse por um retângulo?

6 comentários:

caixa de pandora disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jasque disse...

ah eu lembro desse poema :p
queria ser um triangulo escaleno

Ryan disse...

nunk fui muito de ler/escrever poemas

perdia meu tempo desenhando mesmo...

Bárbara disse...

Ai que lindo. *-*

Encontrar um quadrado, a coisa melhor pra um triângulo, essa coisa de igual com igual nunca dá certo.


:*

Anônimo disse...

Parabéns Marina, continue escrevendo. bjos Fernanda Insight II

Nelson disse...

Vc tem um dom com as palvras garota ;)